Log In

Preview

As primeiras impressões de ‘The Neighbors’

Pin it
76
3.8
5
Série: The Neighbors
Episódio: Piloto
Número do episódio: 01×01
Exibição nos EUA: 26/09/2012

Em agosto o TeleSéries foi remodelado e criamos para os reviewers este desafio extra, de dar uma nota para os episódios resenhados. Para muitos de nós, é mais difícil dar a nota do que comentar o episódio. E entre nós, colaboradores do site, tem havido debates sobre critérios e pesos e medidas. Eu discuti estes dias com o Marco C. Pontes, por ter dado uma nota 0.1 para o piloto de Guys with Kids. Eu assisti Guys with Kids, e não achei tão ruim assim – já assisti a pelo menos uns dois pilotos de comédia piores nesta fall season. Entre eles o piloto desta The Neighbors. Agora a função de dar uma nota baixa, portanto, é minha.

Eu já sabia que The Neighbors seria ruim ao ver o trailer oficial da rede ABC. A série parte de uma ideia esdrúxula: uma família de classe média, que se muda para uma casa no subúrbio, onde todos seus vizinhos são alienígenas – e apesar disto eles decidem continuar vivendo lá! Eu fiquei imaginando o que leva um executivo de emissora a aprovar um roteiro destes… O que estes caras estavam pensando?

The Neighbors - Piloto

A ideia por trás de The Neighbors não é nenhuma maluquice. Já tivemos outras séries assim, em outras décadas. Em algum momento da história alguém se arriscou e teve uma ideia maluca de misturar comédia e sci fi e a ideia deu certo – por exemplo, com ALF, ou Super Vicky (Small Wonder) ou Um Hóspede do Barulho (Harry and the Hendersons). Mas aqueles eram outros tempos. Naquela época, uma emissora encomendava dezenas séries por ano – hoje em dia, os canais quase não tem peça de reposição em caso de cancelamento. E naquela época existiam três ou quatro emissoras, quando hoje temos dezenas de canais produzindo ficção nos EUA, competindo por audiência.

Lembrei também de outras comédias de alienígenas, como Mork & Mindy ou 3rd Rock from the Sun. Mas eis aí a questão. Talvez The Neighbors pudesse dar certo, com o texto e o elenco certo. Não temos aqui um Robin Williams ou um John Lithgow, insanos na tela, que tornem assistir esta comédia uma experiência inesquecível. The Neighbors tem um dos elencos mais fracos desta fall season, do qual a atriz mais renomada é a razoável Jami Gertz (Apesar de Tudo/Still Standing). O papel de marido é de Lenny Venito, mais conhecido por fazer papeis de criminosos ítalo-americanos em série policiais do que por comédias. O personagem com maior potencial cômico, o líder alienígena, ficou com o inglês Simon Templeman – uma escolha estranha, apesar dele trazer boas lembranças de sua passagem por Just Shoot Me! (mas lá se vai uma década).

The Neighbors - Piloto

The Neighbors vai girar em torno da falta de compreensão que os alienígenas tem da nossa cultura e dos hábitos excêntricos deles – teoricamente um material farto para piadas. Mas o roteiro acaba previsível e frouxo. E pior, sem graça, apostando mais no humor físico do que nos diálogos, que são fracos.

Infelizmente o risco corrido pelos executivos não compensou. The Neighbors é uma ousadia, mas falta conteúdo e qualidade. Deve passar rápida, como um disco voador, pela grade da rede ABC. Na minha memória vai ficar como aquela série para a qual eu tive que dar uma nota baixíssima em uma crítica publicada no TeleSéries.

The Neighbors - Piloto

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

10 Comments

  1. biancavani

    E a “lição” de feminismo?! De fato, esta série é embaraçosamente ruim, vai ficar como uma mancha no currículo de todos os participantes. Mal consegui assistir até o fim.
    E olha que tenho um critério bem “alargardo” para classificar as séries, a saber, 1) obras-primas; 2) boas; 3) razoáveis. Dentro dessa classificação, tanto séries boas como Nikita/Hawaii Five-0 levam 5, quanto obras-primas como Downton Abbey, Game of Throne (para ficar em poucos e atuais exemplos); idem no que concerne às razoáveis.

  2. Paulo Serpa Antunes

    Gostei do critério, rerere.

    E você tem razão sobre os comentários do papel das mulheres na série. Mas acho que nem dá pra entrar no mérito da questão de chamar o show de sexista, tipo, este acaba sendo o menor dos problemas!

  3. Maria Regina

    Paulo,respeito muito a sua opinião e gostei de saber que essa é mais uma série que nem vou começar a assistir.
    Minha lista já é grande o suficiente para perder tempo numa série desse tipo.
    Continue dando seu parecer sobre as séries iniciantes porque ainda tenho muita coisa para cortar.

  4. Lourdes Mota

    eu assisti o primeiro episódio por curiosidade e nem pensei em ver se já tinha outro para baixar. Achei que seria tipo 3rd Rock from the Sun, que eu curtia muito, mas achei estranha e sem graça. Uma estrela está de bom tamanho!

  5. Pingback: ‘The Neighbors’ tem ordem para três novos scripts

  6. Emanuela Matos

    Deixa eu ser a “do contra” aqui hehe Concordo com alguns pontos da crítica, apesar de ter assistido o primeiro episódio e ter gostado, logo em seguida baixei o restante, e estou ansiosa para o próximo, mas pelo que tenho lido por aí, realmente não vai vingar. Eu tenho um gosto por humor assim leve, é bem superficial, porém engraçadinha, não sei porque todo mundo não gosta e eu gosto, rsrs Mas enfim acho que quem se interessou pelo menos pelo poster da série, deveria se arriscar a assistir pelo menos 2 episódios pra depois tirar suas próprias conclusões.

  7. William Fernando

    Vai ser uma pena se não ficar, os personagens do Ian Patrick (Dick) e da Clara Mamet (Amber) são ótimos, me divirto demais com eles. O Ian é o menino mais fofo que já vi em uma série e a Clara faz uma Kristen Stewart com menos emoção e mais petrificada que própria kkkkkkk, adoro as tiradas dela nos pais. Tomará que continuem, achei a série muito legal, não é minha favorita, mas como passatempo eu amei. É estupidamente divertida, curto e é isso que me importa. Pelo que ando lendo, a audiência tá até boa, então talvez se salve do cancelamento.

  8. Pingback: Destaques na TV – sábado, 8/02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account