Log In

Preview

As primeiras impressões de ‘Daredevil’

Pin it

A Marvel mais uma vez prova que está jogando para ganhar. Quando você pensa que os caras estão satisfeitos com o seu atual império midiático, eles te surpreendem apostando agora nos serviços de streaming, que são o novo estágio de evolução do modo de fazer televisão. E eles escolheram o Demolidor para ser o primeiro dos seu heróis a ter sua própria série com a estreante Daredevil.

Criada em parceria com a Netflix (que como a Marvel também se tornou um gigante na sua área e apresenta excelência total em suas produções) e com roteiro de Drew Goddard (que tem em seu currículo séries como Lost, Buffy, AngelAlias) a série apresenta a origem do personagem Demolidor, criado em 1964 por Stan Lee e Bill Everett. Na premissa, Matt Murdock (Charlie Cox) é uma advogado no início de sua carreira que cria uma firma em parceria com seu amigo Foggy Nelson (Elden Hensen) mas que durante à noite assume a identidade do vigilante mascarado, com o intuito de acabar com o crime em Hell’s Kitchen, região de Nova York em que cresceu. Matt ficou cego quando criança durante um acidente químico, mas a perda da visão resultou em um aumento sobre-humano dos seus outros sentidos.

dd-feat2

Outros personagens importantes da série incluem Karen Page (Deborah Ann Woll), a primeira cliente da firma de Matt e que depois se torna sua secretária/interesse amoroso; Claire Temple (Rosario Dawson) uma enfermeira que se torna parceira do Demolidor e Wilson Fisk, a.k.a o Rei do Crime (Vincent D’onofrio), o grande vilão da série, um empresário corrupto cujos planos para Hell’s Kitchen diferem totalmente dos do Demolidor.

Analisando no quesito adaptação, com a pouca base que tenho do personagem, posso dizer que a série é muito bem-sucedida – especialmente se levarmos em conta a última adaptação do personagem, o filme de 2003 que foi fracasso de público e crítica. Para os fã dos quadrinhos a série também funciona muito bem, transmitindo o clima das HQs na medida certa, especialmente se consideramos que as histórias do Demolidor como bem verossímeis.

Agora falando unicamente da série: que coisa fantástica! A Netflix se mantém invicta no quesito qualidade das suas produções, e a Marvel entregou sua primeira grande produção em parceria com o ABC Studios (se considerarmos que Agents of S.H.I.E.L.D e Agent Carter são apenas consistentes). Tudo na série funciona, desde o roteiro e a direção (extremamente competentes) até as atuações que não deixam a desejar em nada. Charlie Cox está bastante à vontade como Demolidor, com uma performance sólida e natural, e também com um sotaque americano impecável (ele é brittânico). Elden Hensen também não está mal como o sidekick Foggy, que apesar de funcionar mais como um alívio cômico não exagerado ou caricato. Mas Deborah Ann Woll foi a maior surpresa pessoalmente. Depois de ser extremamente elogiada por sua performance em True Blood, ela mais uma vez mostra que é uma atriz genuína e rouba as cenas em que participa, esbanjando talento. Com certeza uma das melhores personagens da série.

daredevildeborahann1

Mas o que mais agrada na série é também o grande diferencial da Marvel: seu universo eltetrônico estabelecido. Como todas as produções do Marvel Studios se passam no mesmo universo, tudo que aconteceu tanto nos filmes quanto nas séries também aconteceu em Daredevil, portanto vemos muitas referências de acontecimentos anteriores, e o melhor de tudo: as pessoas já estão acostumadas com super-heróis e acontecimentos fantásticos (a trama de Os Vingadores inclusive é essencial para o desenvolvimento da história) e isso faz com que a chegada do Demolidor ocorra de forma natural, sem toda aquela baboseira de um novo herói e as pessoas impressionadas tentando se adaptar a esse universo. Tudo isso foi estabelecido no universo cinemático da Marvel, as séries só precisam entrar no meio e tentarem se firmar nesse mundo de super-heróis, e Daredevil até agora está se provando a melhor da categoria.

Battle-Of-New-York-600x300

Daredevil é a primeira das quatro séries da Marvel que serão produzidas em parceria com a Netflix juntamente com Jessica JonesLuke Cage e Iron Fist, que depois irão se unir para uma minissérie formando o grupo Os Defensores. Se o padrão das próximas séries seguir o mesmo de Daredevil, estaremos presenciando a melhor fase para os super-heróis na TV sem dúvida alguma. E que venham mais séries dessa parceria suprema (os fãs da Marvel irão pegar a referência).

Séries citadas:

Estudante de Produção Multimídia, cinéfilo de coração e futuro roteirista. Obcecado pelo Reino Unido e tudo que sai daquela ilha mágica, principalmente as séries, em especial Doctor Who, Sherlock e Downton Abbey. Também é apaixonado por animação, e sonha em ser roteirista de uma série animada.

3 Comments

  1. pedroluiz02

    .. e não e´que a loira Deborah Ann Woll fugiu da personagem vampira ruiva…Otimo elenco, ei

  2. Claudia Braga

    Vi 02 episódios e gostei, foi bem interessante, mas uma pra minha lista enorme!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account