Log In

Opinião

As primeiras impressões de Cane

Pin it
Elenco de Cane

Estou vendo bastante torcida contra Cane e em termos de audiência as coisas realmente não andam boas para a série – foram cinco semanas de queda consecutiva e apenas uma sexta semana estável, mas num desconfortável último lugar frente aos ótimos Justiça sem Limites e Law & Order: Special Victims Unit (este último em reprise). Não fosse a greve dos roteiristas, a série talvez já tivesse sido colocada em hiato neste mês de novembro (como vocês repararam, nesta temporada quase não temos cancelamentos, o que é influência direta da greve).

Tem gente torcendo o nariz contra Cane porque parece ser mais um dramalhão (é verdade, temos muitos dramas), outros aborrecidos com a temática latina (já sabemos que boa parcela dos brasileiros que assistem Warner e Sony não se identificam como latinos) e há, obviamente, os fãs de Lost, como a nossa colega Fer Funchal, que torcem para a série sair do ar logo, permitindo o retorno de Nestor Carbonell para a ilha.

Mas Cane é um tipo de série que estava faltando na TV e seria bom se garantisse pelo menos um ano, com final decente.

A televisão americana anda alienada demais – tirando o discurso liberal de Aaron Sorkin e David E. Kelley, o foco está todo no entretenimento e há pouco espaço para o debate, a polêmica e a abordagem de temas diferenciados em drama.

Cane atua neste vácuo, abordando diretamente a questão energética, mas também prometendo explorar outros temas – a situação dos cubano-americanos, o embargo a Cuba, os lobbys.

Eu sou realmente um fã de teorias conspiratórias e adoro quando uma série me deixa com a pulga atrás da orelha – afinal, Cane é só um drama sobre uma família latina poderosa (e mafiosa) ou é também um panfleto pró-etanol? Não vou conseguir largar a série enquanto não descobrir isto.

Questões políticas a parte, é notável que Cane entregou um bom piloto e tem potencial a ser explorado – resta saber se conseguirá atingí-lo. Claro, falta um pouco de brilho ao elenco – apesar de reconhecido por público e crítica, Jimmy Smits é tecnicamente limitado e jamais será um James Gandolfini.

Por outro lado, uma série que tem a maravilhosa Polly Walker no papel de uma mulher oportunista e manipuladora, bom, pode ser qualquer coisa, menos trivial.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

134 Comments

  1. solange

    ..>>>>>>>>>>>>>>>>

  2. solange

    Ops!!!! Erro ao enviar msn.Linkin park nos canais TeleCine ou HBO (não lembro) fazendo fundo para as chamdas do filme MIAMI VICE ( JAMIE FOXX e COLIN FARRELL)

  3. Irina

    Rubens,
    cada um se identifica com o que mais lhe convém, mas a questão pra mim é que eu não preciso me identificar com classe a, b ou c pra gostar de uma série… Foi pra isso que quis chamar a atenção no meu comentário!

  4. Géssica

    Após er sua coluna vou dar uma chance e assistir a reprise domingo.

  5. Rafael

    Bom só acho que se voce vai escrever ums série, livro, qualquer coisa por favor conheça o assunto antes , pois Cane não tem nada haver com cana, biocombustiveis, parece que os caras nao conhecem o assunto e falam cada coisa enfim , só vi um episódio porque poxa vai falar sobre uma tematica legal quando vi os abusrdos ditos , deixei de lado um abraço a todos

  6. Alberto

    Assisti dois episódios da série e achei muito boa.
    Trata de uma situação muito comum na vida de empresas familiares, o tema sobre o etanol divido entre cana-de-açucar e milho reflete bem os interesses corporativos dos paises que os produzem,além de mostrar que em qualquer negócio é necessário um lider forte e de visão e não necessariamente um membro da família de sangue como mostra a série.
    Acho a série bem atual. Parabéns…

  7. denise

    a-do-ro cane.]
    nao estou bem certa dos horártios. alguém pode me informar. sempre assisto domingo ou segunda feira.
    é exibido em algum outro dia?

  8. denise

    a-do-ro cane.]
    nao estou bem certa dos horártios. alguém pode me informar. sempre assisto domingo ou segunda feira.
    é exibido em algum outro dia?

  9. denise

    a-do-ro cane.]
    nao estou bem certa dos horártios. alguém pode me informar? sempre assisto domingo ou segunda feira.
    é exibido em algum outro dia?

  10. eliane

    rubens, o que as series tipicamenta americanas nos mostran é a vida da classe media daquele pais,todos bitolados,preconceituosose de uma pequenes imensa ou como chamamos americanos idiotas,se voce se identifica com eles não é preciso dizer mais nada.

  11. eliane

    .rubens,voce deve ter fugido da escola ou levou zero em geografia,voce é um latino americano e brega pra burro.

  12. eliane

    cane pode ser um dramalhão, mas vale a pena ser vista apenas pelo ator jimmy smits, lindo d+,maravilhoooooooooooooooooooooso.

  13. Irene

    Muito boa a série. Gente bonita, a casa é linda, o drama diferente. Tem personagens de todos os tipos, do bem e do mal. Mas o Alex Vega, sem dúvida, é o centro de tudo. Torço para que a série não acabe logo.

  14. Ina Raquel

    Adoro essa serie. Fico muito chateada quando simplesmente ENCERRAM…sem final. E o tempo que ficamos assistindo e contribuindo para a audiencia? Torço para que pelo menos tenha um “The End”

  15. Ina Raquel

    Adoro essa serie!!!
    Fico muito chateada quando simplesmente ENCERRAM a serie e o pior…sem vermos o final. E o tempo que ficamos assistindo e contribuindo para a audiencia? Torço para que pelo menos tenha um “The End”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account