Log In

Gastronomia

Aquele com a torta do Brad Pitt

Pin it
Para celebrar o Thanksgiving, colunista relembra um clássico de Friends e ensina a fazer torta de abóbora

Friends - The One With The Rumor
Monica:

Você está dizendo que consegue comer um peru inteiro numa sentada?

Joey:

Isso mesmo. Porque eu sou um Tribbiani e isso é o que fazemos. Podemos não ser grandes pensadores ou líderes mundiais, não lemos muito, nem somos velozes, mas como comemos!

O Thanksgiving ou Dia de Ação de Graças é um evento típico dos EUA e do Canadá: todo ano, na quarta quinta-feira de novembro, a família e os amigos se reúnem para agradecer o que aconteceu de bom durante o ano. A tradição se iniciou com os colonizadores, que se uniram para agradecer a Deus por uma boa colheita após anos de quebra da safra – por isso a data no outono do hemisfério norte, quando acabam de colher o que plantaram.

Os colonizadores serviam patos, perus e milho nas primeiras festas e, mais tarde, outros pratos e tradições foram incorporados – tais como os episódios especiais das séries de TV. Friends foi uma dessas séries que sempre exibia um episódio especial de Thanksgiving: quem não lembra daquele clássico com o peru na cabeça? No Brasil a data também existe no calendário oficial [embora não seja feriado nacional], mas poucos conhecem a lei nº 5.110, de 22 de setembro de 1966, assinada pelo então Presidente Humberto Castelo Branco, que instituiu o Dia Nacional de Ação de Graças na quarta quinta-feira de novembro.

Monica:

O que está fazendo? Precisa reservar espaço, tem um peru inteiro para comer!

Joey:

Deixe eu te explicar como funciona o corpo humano. Preciso aquecer meu estômago antes. Comer batatinhas é como fazer alongamento.

Para nós, brasileiros, assar um peru restringe-se à época do Natal – especialmente porque esses pratos típicos são mais adequados pro clima frio do hemisfério norte do que para o nosso calor tropical de final de ano, mas nada nos impede de assar outro prato tradicional do Thanksgiving [e do Halloween também], a torta de abóbora.

A abóbora é nativa da América do Norte e, como temos diversas variedades no Brasil, para a receita de hoje usaremos a moranga [aquela das lanternas de Dia das Bruxas]. No episódio 9 da oitava temporada de Friends [“Aquele do Boato”, 22/11/2001], Monica convida um amigo do colégio que está na cidade para compartilhar a ceia que ela dará aos amigos. Will é bem-educado e sabe que é de bom-tom levar algo quando se é convidado; ele optou pela torta, mas, por estar de dieta, levou uma torta sem açúcar, nem leite, nem sabor. Sorte que Monica já tinha feito uma – sem Mockolate, claro [v. oitavo episódio, segunda temporada].

Joey:

O que tem aí? O que é isso? Torta?

Monica:

Quer um pouco?

Joey:

Só uma lasquinha. Um pouco maior. Maior. Está com medo de ficar sem? Corte um pedaço de verdade!

Friends - The One With The Rumor
A receita – Torta de abóbora [fácil]

Ingredientes da massa
1 pacote de biscoito maisena [200 g]
2 colheres [sopa] de manteiga amolecida

Ingredientes do recheio
1 lata de leite condensado
400 g de abóbora moranga cozida, sem casca nem sementes
3 gemas de ovo
1/2 colher [chá] de noz-moscada ralada
1/2 colher [chá] de gengibre em pó
1/2 colher [chá] de sal
1 colher [sobremesa] de canela-da-china em pó

Modo de fazer a massa
Coloque os biscoitos num saco plástico limpo e seco, amarre-lhe a boca e bata nos biscoitos com o martelo de carne ou o cabo da faca. Cuidado com o dedo. Despeje os biscoitos triturados em uma tigela e acrescente a manteiga, misturando até virar uma farofa úmida.

Aperte a farofa no fundo e nas laterais de uma fôrma sem untar. Pode ser uma de fundo removível ou uma refratária igual a da Monica, no Brasil tem iguazinha. Não precisa assar a massa antes de pôr o recheio.

Modo de fazer
Preaqueça o forno. Bata todos os ingredientes do recheio no liquidificador e despeje sobre massa. Coloque no forno médio-alto por aproximadamente 40 minutos. Sirva gelada. Você pode cobrir com coco ralado ou chantilly se quiser, mas não é necessário.

Você pode aproveitar as sementes para fazer tira-gosto: lave-as bem e retire todos os fiapinhos de abóbora que estiverem grudados. Seque num pano de prato limpo e torre-as com um pouquinho de sal numa frigideira larga [sem óleo]. Retire a casca da semente e mande ver com cerveja.

Friends - The One With The Rumor
O episódio

Esse foi aquele com o Brad Pitt no papel do antigo colega de escola de Ross, Monica e Rachel que sofreu bullying da personagem de Jennifer Anniston por ser obeso. O que aconteceu com o casal de atores depois na vida real nós todos sabemos, né? Rachel estava no início da gestação do filho de Ross e ficou sabendo a respeito do clube “Eu Odeio a Rachel” e de quem foi o responsável por espalhar o boato que ela era hermafrodita. Por sua vez, mesmo sendo uma das garotas mais populares do colégio e sem ter noção da existência de pessoas que a odiavam por suas práticas de bullying e egocentrismo, Rachel espalhou que Ross deu uns amassos na bibliotecária – o que se descobriu se verdade, e não boato.

Chandler e Phoebe ficam no sofá fingindo assistir ao jogo entre o Green Bay Packers e o Detroit Lions apenas para não terem que ajudar Monica. Os jogos de futebol americano são outra tradição no Thanksgiving e costuma haver três partidas nesse dia; com duração de três a quatro horas cada, dá pra passar o dia inteiro na frente da TV. Por causa disso, nesse dia e no dia do SuperBowl também se consome muita finger food, comida para comer com a mão, sem talheres ou pratos.

Mas o episódio foi mesmo do Joey. Monica tinha decidido não assar peru porque quatro dos sete comensais não iriam comê-lo e Joey reclamou, disse que Thanksgiving sem peru era como o 4 de julho sem torta de maçã ou sexta-feira sem duas pizzas. Ela cedeu quando ele declarou que comeria o peru inteiro sozinho, honrando o nome de família. E Joey cumpriu a palavra, com uma ajudinha da calça de grávida da Phoebe [ótima para roubar melões, uma calça multifuncional].
Friends - The One With The Rumor

Séries citadas:

32 Comments

  1. Pingback: Tweets that mention Aquele com a torta do Brad Pitt -- Topsy.com

  2. Tati Leite

    O final do episódio quando Joey fica pedindo um pedaço maior da torta é sempre divertido de rever. Principalmente porque nesse momento o Brad Pitt esquece o personagem e dá pra ver ele rindo do Matt Le Blanc.

  3. Anônimo

    Como eu gostei deste episódio: o Brad com aquele ódio da Rachel, acumulado e cultivado durante todos aqueles anos foi muito legal. Impagável!

  4. Paulo Serpa Antunes

    Amo este episódio. E o engraçado é que é um episódio totalmente filler de Friends, se não existisse não faria diferença alguma pra série. Na época isto não importava nada, né?
    Já hoje, quando a gente vê um filler fica indignado!

    Fiquei tentado a fazer a torta. Nunca fui muito chegado a doce de abóbora, mas de uns meses pra cá comecei a gostar de abóbora caramelada…

  5. thomaz

    Se não me engano esse é o episódio 200, né?

    Lembro de ter que colocar o travesseiro no rosto p não acordar td a casa pq vi na reprise de madrugada qdo chegava da faculdade.

    Sempre imaginei que essa torta de abóbora tão citada nas séries fosse salgada. Vou arriscar fazer.

  6. thomaz

    Paulo,

    “Já hoje, quando a gente vê um filler fica indignado”.

    Acho que, no Brasil, isso é efeito Lost. Boa parte dos brasileiros passaram a acompanhar séries por causa dela. Sem contar todos que a tomaram como medida para todos as séries.

    Somado ao “bum” dos blogs de série. Hoje “fall season”, cancelamentos, “lead in”, demo… são tratados com rigor de geopolíticas. rs

    Enfim, um episódio “apenas” divertido é pouco. rs.

  7. Bia mafra

    Paulo, eu nao fico nao, os episodios que considero melhor de cada serie, normalmente sao fillers. fazer o quê? Acredito que, por estarem livres do enredo geral, os roteiristas tem mais liberdade de criatividade.

  8. Bia mafra

    Excelente. essa da semente de abobora eu ja comi, meu pai fazia (pai roceiro dá nisso), eh gostoso, mas nada maravilhoso. Agora a torta, acho que um dia vou experimentar.

  9. Flávia Ribeiro Varsano

    Brad Pitt olhando fixo para a Rachel e ela achando que ele estava dando em cima dela, no começo do episódio, é engraçado demais. Esse é daqueles espisódios que me fazem chorar de rir toda vez que revejo.

    Amei a dica das sementes de abóbora, Naomi!

  10. naomi

    ficou bem convincente, considerando-se que o brad pitt cortejava a jennifer anniston nos bastidores, né?

  11. naomi

    essa é a receita da massa fácil [e recheio idem], guardei a complicada para outra coluna.
    ;)

  12. naomi

    oi, thomaz, o 200 não foi na temporada seguinte? foi um ep de thanksgiving também…

  13. naomi

    mas do mesmo jeito que uma torta só de massa não faz sentido, uma série também precisa de recheio, né?

    Tá, trocadilho horrível com filler/recheio, parei.

  14. naomi

    bia, também já comi muita semente torrada, e a flor também. hoje em dia é comida chique.
    :oD

  15. naomi

    rafael, tive que parar de escrever várias vezes enquanto revia, de tanto que ri.

  16. naomi

    flavia, alguns supermercados e lojas vendem as sementes já torradas, virou petisco chique. mas dá perfeitamente pra fazer em casa e aproveitar as que sobram da abóbora da torta…

  17. Paulo Serpa Antunes

    Boa teoria Thomaz. De fato Lost é uma série que irritou os fãs com fillers – eu por exemplo, gosto bastante dos flashbacks da Rose e do marido, e do Paulo e da Nikki, que os fãs odeiam. Mas ainda acho que isto vem um pouco mais para trás, não sei dizer quando.

  18. Anônimo

    Em relação a Lost, os fãs irritados, na verdade, cometeram um equívoco, porque não eram propriamente fillers os episódios centrados em personagens secundários e não desvendando ou se aproximando de desvendar os mistérios. Digo isso porque no final, quando o objetivo da série foi revelado, verificou-se que era uma série sobre pessoas (e que não tinha por objetivo necessariamente explicar todos os mistérios). Ou seja, “encher linguiça” (a crítica mais disseminada – e por mim abominada!) na verdade eram os episódios em que entravam os mistérios… Que deliciosa ironia!

  19. Anônimo

    Eu pensava que naquele tempo eles já eram casados… Mas, sim, talvez a graça maior estivesse no fato de que, na vida, eles eram apaixonados (bem, suponho que eram…) e, na ficção, Rachel era a pessoa que o personagem de Brad mais odiava na vida. Ele até guagejava de raiva.
    Você assistiu ao filme Snatch – Porcos e diamantes? Para mim, foi uma das melhores atuações do Brad Pitt. E o filme foi muito bom.

  20. thomaz

    Eu nem falava de fillers em Lost, afinal nunca assisti Lost. Acabei atirando sem querer. rs

    O que levantei foi o processo de “profissionalização” de fãs de série. Td mundo se considerá especialista/crítico. Levando mto a sério.

  21. naomi

    ah, snatch é um dos meus top favoritos foréva junto com jogos, trapaças e dois canos fumegantes. foi uma luta pra achar os dvds pra comprar.

    você disse bem, é uma ótima atuação do pitt.

  22. Anônimo

    A Rachel Green era uma figura, o pior é que nem da pra imaginar em defender ela do ex-gordinho do colégio, o cara deve ter passado o diabo.

    Sobre episódio filler, se entendi direito (é uma história fora da mitologia), bom…Jornada nas estrelas, principalmente a clássica é quase toda assim, com episódios fechados. Talvez série sem filler seja a BSG 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account