Log In

Reviews

Agents of S.H.I.E.L.D. – Ragtag e Beginning of the End

Pin it
Série: Agents of S.H.I.E.L.D.
Episódio: Ragtag e Beginning of the End
Número do Episódio: 01x21 e 01x22
Exibição nos EUA: 06/05/2014 e 13/05/2014
100
5
2

SHIELD veio para sua reta final com dois bons episódios, um de preparação e um de verdadeiro encerramento, que ainda assim souberam deixar ganchos para a próxima temporada.

No penúltimo episódio, tivemos um aprofundamento da personalidade e das camadas do agente Ward, mostrando seu passado e os ‘motivos’ que podem ter levado-0 a se tornar um traidor, nojento e asqueroso. Paralelamente, no presente, vimos o Team Coulson em busca do paradeiro de Garret e Ward para ativar um vírus que Skye colocou no HD roubado pela HIDRA – o que podem fazer acessando um computador deles – e para tanto resolvem invadir a Cybertek, responsável pelo “Deathlock” e que tem ligação com o passado de Garret e com o presente da Centopéia.

Vimos como Mike ‘Deathlock’ Peterson é manipulado por Garret que usa o filho de Mike para mantê-lo na rédea curta e como Raina conseguiu sintetizar a droga que foi injetada em Skye e em Coulson. Raina também aproveitou e revelou o segredo de Skye para Ward, que é o fato dela ter uma origem sobre-humana. Também foi interessante ver o Team Coulson, sem o aparato tecnológico da SHIELD, recorrer ao avô de Triplett e traquitanas de muito tempo atrás para poder ter alguma vantagem e invadir a Cybertek.

Nota: só eu que fiquei com o nome da Skynet (a empresa vilã do Exterminador do Futuro) na cabeça toda vez que falavam Cybertek?

Aqui o ponto alto humorístico do episódio, com Coulson e May tentando invadir a Cybertek como ‘inventores’, tentando empurrar seus produtos ultrapassados com o resto do time na orelha deles gritando instruções. Depois fazendo a ‘transferência dos arquivos’ que não eram digitais, mas físicos, então foram literalmente atirados pela janela. Hilário!

Daí a primeira bomba: Garret e sua aliança com Cybertek é um pouco mais profunda. O “Clarividente” é o primeiro ‘Deathlock’, com partes mecânicas em seu corpo, que estão falhando e vão levá-lo à morte. Evidente que nesse ponto a série foi pro caminho óbvio, Garret usaria a droga sintetizada de Raina para sobreviver e foi o que aconteceu.

Junto com a droga vieram eventuais poderes, dando um ar de “Clarividente” de fato a Garret. Em especial quando na finale ele pegou uma das portas do laboratório do ‘ônibus’ para fazer uns rabiscos e uns padrões para lá de estranhos. Mistério para próxima temporada, já que na finale Coulson acabou fazendo os mesmos padrões em uma parede!

Agents-of-SHIELD-Season-1-Finale-Coulson-Writing-on-Wall

O time de Coulson finalmente descobre o paradeiro de Garret e Ward e vão para ilha do Fidel, onde fica a base deles, mas infelizmente chegam após eles já terem fugido. Nesse ponto da história, Fitz-Simmons descobrem o paradeiro do avião onde Garret e Ward estão e resolvem não acatar as ordens de Coulson de ‘aguardar ajuda’ e entram no avião para seguir rastreando o destino de Ward e Garret. Mas Ward localiza a dupla primeiro e aprisiona os dois e os leva para o ‘ônibus’.

Entrelaçando o presente com o passado, descobrimos que Ward era um adolescente rebelde, problemático, que se colocou em uma enrascada após incendiar sua casa e quase matar seu irmão. Iria para cadeia por tentativa de homicídio, mas foi socorrido pelo agente Garret, que o ‘adotou’. Ao que me parece, Garret já tinha intenção de ter um aliado, bandido, e leal ao seu lado e adotou Ward para tal. Claro, o treinou para que fosse um agente de verdade da SHIELD e uma arma do mal e letal, o fez de forma muito rígida, abandonando-o no meio do nada, deixando-o à própria sorte, apenas com um cachorro ao seu lado.

Ward se virou bem e sobreviveu, mas no fim teve um teste difícil para acatar as ordens de Garret. Isso porque o filiado da HIDRA ordenou que Ward desse cabo do cachorro, sem nenhum motivo, apenas para mostrar sua força e para que Ward aprendesse a ser um assassino sem paixão, sem sentimentos.

Após corrermos todo o episódio entre passado e futuro, nesse momento a série fundiu os dois e voltou para o presente após a captura de Fitz-Simmons, e Garret manda que Ward elimine os dois. A dupla consegue fugir e acabam se prendendo em um compartimento do avião. Voltando ao passado, vimos Ward titubeando e não assassinando o cachorro que foi seu parceiro por anos como Garret queria. E, ao que parece, Garret acabou sabendo ao olhar pela sua sniper.

Assim, tudo levava a crer que Ward faria o mesmo e não conseguiria dar cabo de Fitz-Simmons, e talvez Garret o fizesse, mas superando os ‘erros’ do passado e mostrando que as lições não aprendidas foram superadas, Ward desacopla o compartimento de Fitz-Simmons e os deixa no meio do mar, a deriva, naufragando para morte certa!

Paralelamente Team Coulson consegue achar a base secreta em Cuba e o local para ativar o vírus de Skye, mas de repente se materializam super soldados para acabar com a festa. Assim terminou o penúltimo episódio, de preparação para a season finale, não chegando a empolgar, mas colocando os personagens nas situações ideais para um final arrasador. E foi o que aconteceu!

Tivemos Fitz-Simmons no fundo do mar, lutando contra a morte até o último segundo, uma morte certa que despertou uma emoção genuína, pelo amor de Fitz por Simmons e pelo seu altruísmo em deixar ela tentar se salvar e se sacrificar para que ela conseguisse isso. Os dois pensando em como podiam se salvar, lamentando o seu azar e dando a morte como certa durante muito tempo. Em como criaram um chamariz, que acabou salvando a vida deles pois no momento mais inesperado se materializa Nick Fury e os resgata no meio do nada!

A sacada e as conexões foram reais e funcionaram perfeitamente. Depois dos acontecimentos de Homem Aranha 2, que estreou pouco antes da finale, tive a certeza de que Fitz-Simmons poderiam realmente morrer. Então quando Fitz revela o seu plano e informa que iria se sacrificar, tive o temor concreto de que isso aconteceria. Mas o fato deles terem conseguido se salvar, ainda mais graças ao Nick Fury e ao plano mirabolante dos dois, me deixou muito satisfeito.

No outro lado da temporada tivemos Team Coulson em sua última etapa para parar Ward e Garret. O início do episódio mostrando a Cybertek antes de chegarmos em Coulson, foi uma sacada muito boa. Em especial pelo link do início com o primeiro dia do funcionário que entrou por conta do ‘programa de incentivos’ e o fim onde vimos que o programa era a mesma motivação de Mike “Deathlock” Peterson, ou seja, todos ali tinham familiares sequestrados.

No fim, a série plantou sementes para a próxima temporada, com Raina, Quinn e o Gravitonium se separando de Ward e Garret pouco antes do Team Coulson chegar. Achei evidente nesse momento que o final provavelmente seria dos dois mortos, mas não foi o que aconteceu. Em uma ótima sequência de ação, talvez a melhor até aqui, Triplett e Coulson vão para neutralizar Garret, May vai atrás de Ward e Skye vai atrás da solução que vai possibilitar a vitória. Óbvio que tudo deu certo, Skye e May invadem a base da Cybertek, alteram a diretriz padrão dos super soldados (que é defender Garret), abrindo espaço para Coulson e Triplett invadirem a Cybertek atrás da dupla Ward-Garret. Claro, não antes do general “Aaron Pierce”, de 24h, morrer nas mãos de Garret para mostrar seu poderio para os militares que pretendiam comprar o projeto dos ‘super soldados’.

Daí, o pulo do gato de Skye que foi acabar com o ‘programa de incentivos’, liberando o filho de Mike Peterson que pode finalmente se vingar de Garret metendo um foguete no peito! E, claro, finalizando com um pisão na cabeça. Além de May dando uma verdadeira e merecida surra em Ward, como todos esperávamos!

img_00000606

E, apesar de tudo, Garret ainda sobreviveu e quase voltou do além para uma última cartada. Por sinal, quase a série terminou com uma ótima ponta para a próxima temporada com o Clarividente virando um “Deathlock” Ultimate, mas Coulson tinha outros planos, tipo explodi-lo!

Bacana as aparições de Nick Fury, para salvar Fitz-Simmons como já falado, para ajudar Coulson contra Garret e, finalmente, para explicar porque Coulson foi ressuscitado em uma cena realmente emocionante e ainda deixar Coulson como o novo diretor da SHIELD e colocar sob sua responsabilidade a reconstrução da entidade.

Dessa forma, a série deixou suas pontas soltas para a próxima temporada, como o mistério de Coulson e a escrita que ele e Garret compartilharam, fruto do soro alienígena, o passado de Skye, o que será de Ward agora capturado, Raina, Quinn e Gravitonium ainda à solta e, principalmente, a reconstrução da SHIELD e a captura dos prisioneiros liberados da geladeira.

Encerramos a temporada com um outro agente Koening dando as boas vindas a uma nova base secreta, o Playground, que provavelmente será o novo QG da SHIELD e do Team Coulson. E Raina indo falar com o pai de Skye que sabe do paradeiro da filha dele!

Resumindo, o saldo da temporada foi extremamente positivo, me agradaram demais os acontecimentos, as respostas dadas foram razoáveis para boas, os mistérios agradaram, a ação foi extremamente satisfatória e da metade em diante a série finalmente conseguiu me fazer gostar de todos os personagens, salvo Ward que, ao que parece, finalmente vai sair de cena para a entrada do Triplett, que foi um acréscimo e tanto para o Team Coulson e para série. Acredito, assim, que a segunda temporada iniciará com uma premissa muito melhor que nos filmes e estou ansioso para ver se finalmente os acontecimentos da série vão ter reflexos nos filmes e não apenas o contrário!

Séries citadas:

Viciado em séries desde 1998, quando gravava os episódios em fitas cassetes para assistir depois (estou ficando velho). Minhas séries prediletas são: Battlestar Galactica, Boston Legal, Ally Mcbeal, Quantum Leap, Dexter, X-Files, GoT, TWD, Seinfeld, dentre outras! Atualmente sigo buscando séries que forneçam algo mais do que um passatempo de qualidade, ainda que para tanto precise recorrer a séries antigas que não vi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account