Log In

Reviews

Agents of S.H.I.E.L.D. – End of the Beginning e Turn, Turn, Turn

Pin it
Série: Agents of S.H.I.E.L.D.
Episódios: End of the Beginning e Turn, Turn, Turn
Número dos Episódios: 01x16 e 01x17
Exibição nos EUA: 01/04 e 08/04/2014
100
5
2

Primeiro, mais uma vez, quero pedir desculpas aos meus companheiros de TeleSéries e aos meus leitores. Infelizmente, por motivos particulares e profissionais, me ausentei mais do que gostaria do site. Na verdade me ausentei até mesmo das séries e só consegui ver os 3 últimos episódios de Agents nesse domingo.

Enfim, o que importa é que estou de volta e a série finalmente teve uma sequencia de tirar o fôlego. Isso depois de um apenas mediano Yes Men, no qual tivemos a presença de Lady Sif e Lorelai, mas en que o verdadeiro foco foram as relações pessoais dos personagens, em especial de MM e Ward. O fato é que o episódio teve algumas falhas e não funcionou bem, mas serviu para deixar ainda mais interligado o universo dos filmes com o da série.

Aqui vale ressaltar uma falha gritante do roteiro do episódio, no caso quando Fitz arruma o colar que finalmente ia tirar Lorelai de cena, ele (já enfeitiçado por Lorelai) chama Lady Sif para “a caixa” do avião e a prende lá. Até aí, um bom truque. Mas o furo foi que Fitz realmente arrumou o colar E o entregou para Lady Sif!!! Oras, se ele tinha arrumado antes de ser enfeitiçado, por certo que uma vez enfeitiçado a primeira coisa que ele faria era destruir o colar e não entregar para a única inimiga capaz de parar Lorelai.

Mas em End of The Beginning a série deu um grande passo para se firmar e começou a desenrolar a trama do Clarividente e da Centopéia. Depois de sua quase morte, Skye voltou a ativa e passou a protagonizar o team Coulson, como se esperava no início. A moça finalmente virou agente da SHIELD e liderou o time montado por A.C. para encontrar o clarividente. Nisso a série deu um grande salto de qualidade no seu elenco com os retornos de Garrett, Triplett Victoria Hand e ainda as participações de Felix Blake (Titus Welliver) e Jasper Sitwell (Maximiliano Hernandez).

Daqui para frente começa a ficar inviável não mencionar os eventos de Capitão América 2: O Soldado Invernal, então recomendo quem não viu o filme e não gosta de spoiler, não leia a review. Bom, para você que já viu o filme ou que não liga para spoilers, vamos lá!

A série seguiu o episódio com o timing acima narrado indo buscar o Clarividente. AC seguiu sua ideia de revisar os arquivos da SHIELD em busca de pessoas que não entraram na listagem de ‘especiais’, com a fé de que algum deles seria o Clarividente. E daí Skye e Coulson tiveram uma ideia de compartimentar o conhecimento das ações, para que ninguém soubesse tudo e o “Clarividente” não lesse a mente de nenhum deles. Assim, os times se montaram com MM, se unindo a Blake, e indo buscar um paciente comatoso numa clínica, Garret se uniu a AC na busca por outro suspeito e Ward se uniu a Triplett em um presídio.

Hand voltou ao QG da Shield e Sitwell foi convocado para Estrela da Lemúria, e daqui começa o crossover com o filme do Capitão América. Foi bem bacana ver Sitwell no filme do Capitão América e, com as conclusões do filme, já dava para imaginar o que vinha pela frente, HIDRA!

Mas, voltando à série, no fim das contas o mais improvável se tornou o mais provável e por certo que o Clarividente era o paciente comatoso! A certeza se deu quando Blake encontrou com Mike Peterson, ou melhor dizendo, Deathlock!

images3

Mas no fim o comatoso não estava mais no local e eles acabam localizando-o pelo intermédio de Deathlock, perseguido pelas traquitanas da SHIELD. Porém, não foi possível sequer interrogar o comatoso, provável “Clarividente”, pois incitando a fúria de Ward, ao ameaçar Skye, o ‘Clarividente’ comatoso levou bala! Nesse ponto a série me incomodou, pois pensei “Oras, já prenderam a Raina, já mataram o Po e agora mataram o Clarividente? Não sobrevive um vilão na série?”, mas a série ainda tinha mais cartas na manga.

E o episódio 16 ainda terminou com a descoberta que Melinda May não é tão team Coulson como pensávamos, ela acaba usando uma linha criptografada de dentro do avião para comunicar para alguém os passos de Coulson. Aqui alguns podem ter pensado que ela era a ‘verdadeira’ Clarividente, tendo em vista que AC já cogitava que o comatoso assassinado por Ward não era o verdadeiro Clarividente e que o verdadeiro era um agente da SHIELD. E o falecido nada mais era do que um fantoche para pararem de procurar o verdadeiro Clarividente!

A teoria, lançada por Skye, fazia todo sentido, afinal, o Clarividente conseguia prever ‘tudo’, menos a morte de AC, pois ele não tinha acesso ao referido arquivo. Mas a suspeita sobre May não fazia o menor sentido. Votei que ela deveria ter algum contato direto com Fury, para controlar A.C. e foi exatamente o que se confirmou.

Meu voto para Clarividente era Ward! Seu passado misterioso e sua postura meio sisuda sempre me deixaram incomodado, mas descartei o rapaz rapidamente, afinal não iam vilanizar o mocinho da série. Ou iam? À essa altura as coisas aconteceram de forma muito rápida. Logo de cara, em Turn, Turn, Turn, Fitz descobriu a linha direta criptografada de MM e delatou a moça para AC.

No meio do furacão que varria a equipe de AC, evidente que a paciência e o diálogo não prevaleceram e AC e Skye foram capturar May. E com muito custo May revelou que tinha uma linha direta com Fury e que sua missão era monitorar Coulson. E não só isso, a equipe Coulson, que ele achava que havia montado a dedo, na realidade foi montada por May que induziu Coulson a montar aquele time!

UAU!

Mas a série não parou por ai. May usa sua linha direta e descobre que Nick Fury está morto! E seguindo os eventos, deu-se a descoberta de que a HIDRA estava infiltrada na SHIELD. A série se integrou dos eventos de Capitão América e mergulhou de cabeça na trama.

Daí ficou claro que o Clarividente e a Centopéia eram oriundos da obscura organização nazista e, excluindo May de suspeita, as desconfianças recaíram sobre Victoria Hand. E as suspeitas de Victoria Hand recaíram sobre… Coulson! Evidente que durante alguns minutos ficou a desconfiança de que Hand era da HIDRA, mas no fim as atitudes dela se deram apenas porque ela desconfiava que Coulson era da HIDRA.

E quem realmente era o Clarividente e seguidor da HIDRA era o agente Garrett, em uma enorme reviravolta da série. Infelizmente o mistério foi revelado rapidamente e o vilão logo foi neutralizado. Aqui a série ameaçou me incomodar de novo: mais um vilão preso?

Mas em uma reviravolta ainda maior, Ward consegue se enfiar no avião que levaria Garrett à  “Caixa de Areia”, alegando que ele que devia prender o seu mentor, pois ele se sentia culpado. Daí minhas suspeitas em Ward, que haviam sido descartadas, voltaram a gritar lá no fundo. A cena em que Triplett aparece revoltado gritando com Garrett e Ward apenas inconformado começou a fazer sentido.

No fim, Victoria Hand dá a arma na mão de Ward e fala que se ele matou o Clarividente errado, agora estava na hora de matar o Clarividente correto. Daí a pergunta de Coulson a Ward, logo depois dele matar o Clarividente falso, voltou à minha cabeça: “Você fez aquilo por que você quis ou alguém te ordenou?”. E realmente Ward não matou o falso Clarividente por mera raiva ou para proteger Skye, mas sim porque seguia ordem do verdadeiro Clarividente, agente Garrett. E realmente o raciocínio, que correu em segundos, não se conclui, pois acabou sendo mais lento que a bala que Ward meteu nos agentes que conduziam Garrett e terminou com a bala cravada no peito de Victoria Hand!

UAU!

A série conseguiu transformar seu mocinho no braço direito do principal vilão da série! Ainda suspeito que possa ter algum motivo obscuro e no final Ward voltar a fechar com o team Coulson, mas o fato é que por ora ele está ali, do lado de Garrett, seu mentor e, ao que tudo indica, sempre esteve ao lado dele.

Por fim, mais uma vez, para quem não viu Capitão América, melhor encerrar a coluna aqui.

Bom, foi falado no episódio que Nick Fury morreu, mas já se confirmou no filme que não é verdade. Será que ele volta para a série? E fico me perguntando o que será da série agora, tendo em vista que, no fim de Capitão América, a agente Romanoff (Viúva Negra) revela todos os podres da SHIELD, que deixa de existir. Vimos, inclusive, uma cena interessante de Maria Hill se candidatando para uma vaga nas empresas de Tony Stark.

E o que fará Coulson, May, Fitz, Simmons e Sky? Como juntar os cacos e prosseguir na luta contra o Clarividente e agora Ward? A série deu um passo gigantesco, entregou dois episódios de altíssimo nível, nos deu resposta e FINALMENTE deu cara a seu grande vilão. Engraçado que eu já havia criado um carinho por Garrett e já estava até gostando do Ward, em especial depois do beijinho que ele trocou com Skye.

O que será dos episódios finais dessa temporada, só o tempo dirá. Mas eles serão determinantes para a sobrevida da série. Agora é esperar a próxima semana e as respostas sobre o soro oriundo do alien que salvou AC e Skye.

PS: Uma decepção são os constantes hiatos, bem como o fato do Clarividente, de vidente, não ter nada, só o nome! #QueroMaisSuperpoderes

PS2: A outra decepção foi não ter visto AC ressurgindo das trevas, tal qual Nick Fury, no filme do Capitão América! Mas a ponta já foi dada quando Sif informou que iria contar para o Thor, e AC falou que ele mesmo iria fazer.

Séries citadas:

Viciado em séries desde 1998, quando gravava os episódios em fitas cassetes para assistir depois (estou ficando velho). Minhas séries prediletas são: Battlestar Galactica, Boston Legal, Ally Mcbeal, Quantum Leap, Dexter, X-Files, GoT, TWD, Seinfeld, dentre outras! Atualmente sigo buscando séries que forneçam algo mais do que um passatempo de qualidade, ainda que para tanto precise recorrer a séries antigas que não vi.

2 Comments

  1. coelho rebelde

    -Esto de queixo caído com os 2 episodios más principalmente com TURN ,TURN ,TURN .
    -Primero o vilão parecia ser a MAY , depois a agente HAND pra no fim de tudo ser o agente GARRETT e por enquanto o meu AMADO agente WARD.
    -Acho k HIDRA pode ter de algum jeito feito com o WARD o mesmo k fizeram com o amigo do CAPITÃO AMÉRICA , pk realmente não consigo acreditar ele seja um dos vilões da história .
    -Ainda não consigo gostar da SKYE nem depois do beijo no WARD … o que que tem de errado comigo :-
    – Admito k tbm já estava gostando do agente GARRETT ,fiquei triste por ele ser o vilão.

    PERGUNTA:
    Eu to errada ou faz um bom tempo k tu não dava reviews sobre a série , pk?

  2. Lucas Leal

    fiquei 3 episódios em falar, infelizmente minha sogra faleceu e tive outros problemas q não deu para estar mais ativo! fico feliz de que alguém sentiu minha falta rs
    E Skye realmente é um ponto fraco, junto ocm o Ward, mas até dos dois tenho gostado mais…
    E realmente Garrett era um personagem bacana…vai ser legal ver ele de vilão! O Bill Paxton é ótimo ator

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account