Log In

Notícias Sobre o TeleSéries

5º Prêmio TeleSéries: conheça os melhores de 2006-2007

Pin it

Entre os dias 22 de outubro e 2 de novembro o TeleSéries realizou a quinta edição da sua votação anual das melhores séries e atores do ano entre as séries exibidas na TV paga no Brasil.

Neste dia 1º de janeiro (atrasadíssimos!) revelamos para você a lista dos melhores da temporada 2006-2007 na opinião de milhares de internautas que participaram do 5º Prêmio TeleSéries. Confira abaixo os melhores na opinião dos telespectadores brasileiros:

Drama do Ano: House – 29,26%

Cena de HouseA diferença foi pequena, mas eis que o drama médico House, do Universal Channel, tirou de Lost o título de drama do ano. House é mesmo um fenômeno, é querida pela crítica e tem uma grande massa de fãs. E também fez uma grande terceira temporada – do arco de tirar o fôlego com o policial Tritter foi, passando por episódios inesquecíveis (One Day, One Room, Half-Wit) e culminando em um cliffhanger que deixou os fãs de cabelo em pé, com o fim do time de médicos – garantindo assim o prêmio.

Os concorrentes:
Lost – 26,98%
Grey´s Anatomy – 16,95
Veronica Mars – 9,78%
Família Soprano – 7,25%
Battlestar Galactica – 6,36%
Roma – 3,42%

Comédia do Ano: Two and a Half Men – 27,68%

Two and a Half MenHá três anos atrás, Two and a Half Men foi a comédia revelação no 2º Prêmio TeleSéries. Nos dois anos seguintes beliscou o prêmio de comédia do ano. Pois chegou a vez da vitória, ganhando o título de Comédia do Ano. E a vitória da série estrelada por Charlie Sheen e Jon Cryer não deixa de ser emblemática. A temporada 2006-2007 foi de pouquíssimas sitcoms no ar. Na lista de indicados deste ano temos apenas duas sitcoms tradicionais, o menor número da história do prêmio. Two and a Half Men não só é uma grande sitcom, e líder de audiência, mas é neste momento o maior show do seu gênero. Está mais que justicado o prêmio, não?

Os concorrentes:
Desperate Housewives – 16,95%
The Office – 15,24%
The New Adventures of Old Christine – 14,58%
Scrubs – 9,99%
Weeds – 7,86%
My Name is Earl – 7,61%

Drama Revelação do Ano: Dexter – 32,03%

DexterDexter ou Heroes? Mesmo com a arbitrária e péssima dublagem do canal Fox, deu Dexter na cabeça. A inovadora nova série de Michael C. Hall conquistou um terço do votos e ganhou o título de Drama Revelação do Ano. E não há o que discutir: os 12 episódios do primeiro ano de Dexter são de tirar o fôlego, apresentando um original protagonista serial killer, desenvolvendo coadjuvantes interessantes e com uma trama de fundo intrigante – mostrando a busca pelo Ice Truck Killer, um serial killer ainda mais perturbador que Dexter.

Os concorrentes:
Heroes – 28,28%
Studio 60 on the Sunset Strip – 21,84%
Friday Night Lights – 10,59%
Amor Imenso – 2,85%
Life on Mars – 2,53%
The Riches – 1,87%

Comédia Revelação do Ano: 30 Rock – 34,60%

30 RockA comédia vencedora do Emmy em 2007 também é a série nova favorita do público brasileiro. 30 Rock foi um sopro de inovação no cansado gênero das comédias, trazendo um humor refinado (fruto do bom time de roteiristas liderado pela talentosa Tina Fey), um protagonista brilhante no papel (Alec Baldwin) e um time de atores impecável (dos veteranos Jane Krakowski e Tracy Morgan, aos menos conhecidos Jack McBrayer, Judah Friedlander e Maulik Pancholy). 30 Rock é sucessora de Arrested Development e The Office e, assim como elas, já nasceu clássica.

Os concorrentes:
Psych – 21,83%
The New Adventures of Old Christine – 21,00%
Men in Trees – 8,90%
The Class – 5,68%
‘Til Death – 4,20%
The IT Crowd – 3,79%

Ator em Drama do Ano: Hugh Laurie, House – 44,17%

Hugh Laurie em House
A maior levada desta quinta edição do Prêmio TeleSéries vem na categoria Melhor Ator em Drama. Hugh Laurie, o doutor Gregory House, conquistou 44,17% dos votos se consagrando pela segunda vez consecutiva o Prêmio TeleSéries. É também um paradoxo. Quanto mais House se torna desprezível diante da TV, parece que mais e mais gente passa a gostar do personagem.

Os concorrentes:
Michael C. Hall, Dexter Morgan, Dexter – 26,26%
Kiefer Sutherland, Jack Bauer, 24 Horas – 7,54%
Kyle Chandler, Eric Taylor, Friday Night Lights – 7,29%
James Spader, Alan Shore, Justiça sem Limites – 6,32%
James Gandolfini, Tony Soprano, Família Soprano – 5,27%
Edward James Olmos, William Adama, Battlestar Galactica – 3,16%

Atriz em Drama do Ano: Kristen Bell, Veronica Mars – 26,88%

Kristen Bell em Veronica MarsNa edição passada, faltou um pouquinho mais de 1% dos votos para Kristen Bell ser eleita a melhor atriz do ano. Este ano, no entanto, os fãs de Veronica Mars fizeram a lição de casa e apareceram em bom número para eleger a jovem atriz o destaque do ano. E na hora certa! Infelizmente Veronica Mars foi cancelada, mas fica a obra e a lembrança que Kristen Bell e sua Veronica Mars marcaram época e fizeram muitos fãs no Brasil.

Os concorrentes:
Kyra Sedgwick, Brenda Leigh Johnson, The Closer – 16,94%
Marg Helgenberger, Catherine Willows, CSI – 15,11%
Patricia Arquette, Allison Dubois, Medium – 14,11%
Edie Falco, Carmela Soprano, Família Soprano – 11,10%
Connie Britton, Tami Taylor, Friday Night Lights – 10,60%
Minnie Driver, Dahlia Malloy, The Riches – 5,26%

Ator em Comédia do Ano: Charlie Sheen, Two and a Half Men – 26,61%

Charlie Sheen em Two and a Half Men
É difícil precisar aonde começa o ator Charlie Sheen e onde termina o personagem Charlie Harper. Two and a Half Men é quase biográfica quando mostra o estilo de vida do solteirão e mulherengo protagonista, deixando Charlie Sheen confortável no papel. Nos EUA, seu trabalho é geralmente menosprezado pelas premiações, mas no Brasil é bastante popular e este prêmio é prova disto.

Os concorrentes:
Alec Baldwin, Jack Donaghy, 30 Rock – 21,31%
Steve Carell, Michael Scott, The Office – 18,37%
Tony Shalhoub, Adrian Monk, Monk – 13,55%
Zach Braff, John “J.D.” Dorian, Scrubs – 10,29%
Jason Lee, Earl Hickey, My Name is Earl – 8,00%
Ricky Gervais, Andy Millman, Extras – 1,88%

Atriz em Comédia do Ano: Lauren Graham, Gilmore Girls – 26,52%

Lauren Graham em Gilmore GirlsPoucas séries foram tão discutidas em 2007 como o sétimo e último ano de Gilmore Girls – decepcionante para uns, satisfatória para outros. Mas Lauren Graham, queridíssima do telespectador brasileiro, passou por cima da críticas. Inclusive assumiu a co-produção da série, o que para muitos fãs ajudou a dar o destino correto para sua Lorelai Gilmore. Conquistou seu último Prêmio TeleSéries e certamente deixará saudades.

Os concorrentes:
Julia Louis-Dreyfus, Christine Campbell, Old Christine – 20,85%
Felicity Huffman, Lynette Scavo, Desperate Housewives – 16,42%
Tina Fey, Liz Lemon, 30 Rock – 13,55%
Mary-Louise Parker, Nancy Botwin, Weeds – 19,43%
Tichina Arnold, Rochelle Rock, Everybody Hates Chris – 7,80%
Anne Heche, Marin Frist, Men in Trees – 4,43%

Ator Coadjuvante em Drama do Ano: Michael Emerson, Lost – 29,21%

Michael Emerson em LostQuando a terceira temporada de Lost começou, em A Tale of Two Cities, ainda chámavamos ele de Henry Gale. Um ano depois conhecemos muito mais sobre Ben Linus, o líder dos Outros, que veio para a ilha com o projeto Dharma e mudou de lado. Mas Ben tem muitos outros mistérios e Michael Emerson tem um talento único para guardá-los. Na premiação passada ele foi eleito o melhor ator convidado. Este ano, promovido ao elenco principal, leva pra casa o prêmio de ator coadjuvante.

Os concorrentes:
Masi Oka, Hiro Nakamura, Heroes – 22,47%
Terry O´Quinn, John Locke, Lost – 16,46%
Robert Sean Leonard, James Wilson, House – 16,13%
Henry Ian Cusick, Desmond Hume, Lost – 6,26%
James Callis, Gaius Baltar, Battlestar Galactica – 4,77%
Peter MacNicol, Thomas Lennox, 24 Horas – 2,69%

Atriz Coadjuvante em Drama do Ano: Elizabeth Mitchell, Lost – 20,57%

Elizabeth MitchellSe Rodrigo Santoro e Kiele Sanchez foram dois grandes erros, o mesmo não pode ser dito de Elizabeth Mitchell. Sua personagem, Juliet Burke, só enriqueceu o terceiro ano de Lost, aumentando a dose de mistério da da série, contrapondo Ben na liderança dos Outros e fazendo um par afinado com Jack. É a atriz coadjuvante do ano com méritos, vencendo concorrentes de peso, como o poderoso elenco feminino de Grey´s Anatomy.

Os concorrentes:
Chandra Wilson, Miranda Bailey, Grey´s Anatomy – 18,05%
Lisa Edelstein, Lisa Cuddy, House – 17,86%
Sandra Oh, Christina Yang, Grey´s Anatomy – 16,38%
Katherine Heigl, Izzie Stevens, Grey’s Anatomy – 9,92%
Sarah Paulson, Harriet Hayes, Studio 60 on the Sunset Strip – 9,83%
Jennifer Capenter, Debra Morgan, Dexter – 7,80%

Ator Coadjuvante em Comédia do Ano: Jon Cryer, Two and a Half Men – 30,98%

Jon Cryer em Two and a Half MenDas últimas quatro edições do Prêmio TeleSéries, três vezes o prêmio de coadjuvante em comédia ficou com Sean Hayes, de Will & Grace. Estava na hora de renovar e a mudança, pela escolha popular, coube a Jon Cryer, interpréte do atrapalhado, complexado e sovina Alan Harper de Two and a Half Men. O ator, que para muitos é protagonista e não coadjuvante da série, teve quase um terço dos votos, uma vantagem sólida sobre os bons concorrentes.

Os concorrentes:
Dulé Hill, Burton “Gus” Guster, Psych – 20,43
Rainn Wilson, Dwight Schrute, The Office – 14,20%
Neil Patrick Harris, Barney Stinson, How I Met Your Mother – 11,71%
John C. McGinley, Perry Cox, Scrubs – 9,22%
Jack McBrayer, Kenneth Parcell, 30 Rock – 8,55%
Kevin Dillon, Johnny “Drama”, Entourage – 4,90%

Atriz Coadjuvante em Comédia do Ano: Conchata Ferrel, Two and a Half Men – 26,16%

Conchata Ferrell em Two and a Half Men1, 2, 3, 4! Two and a Half Men foi a grande vencedora do 5º Prêmio TeleSéries, vencendo em quatro categorias. O quarto prêmio vai para Conchata Ferrell, a mal humorada empregada Berta. Com 26,16% dos votos, teve a mais apertada vitória da premiação, derrubando a premiadíssima Kelly Bishop. Verdade seja dita, Two and a Half Men tem um elenco de coadjuvantes femininos talentosíssimo, representado aqui por Ferrell.

Os concorrentes:
Kelly Bishop, Emily Gilmore, Gilmore Girls – 25,74%
Jaime Pressly, Joy Darville, My Name is Earl – 12,29%
Elizabeth Perkins, Celia Hodes, Weeds – 10,23%
Alyson Hannigan, Lily Aldrin, How I Met Your Mother – 9,24%
Jenna Fischer, Pam Beesly, The Office – 9,08%
Jane Krakowski, Jenna Maroney, 30 Rock – 7,26%

Ator/Atriz Convidado em Drama: Forest Whitaker, ER – 26,75%

Forest Whitaker em ERVerdade seja dita, o 12º ano de ER é provavelmente o pior da história da série. Mas dentro de tantas escolhas ruins, os produtores da série deram uma dentro ao colocar em cena o marceneiro Curtis Ames, vítima de um erro médico que busca vingança contra Kovac (Goran Visnijc). Eles deram sorte também. Haviam escalado para o papel o talentoso Andre Braugher (Hack), que desistiu do papel por falta de tempo. No lugar foi escalado Forest Whitaker, que estava prestes a se tornar o grande ator do ano com o filme O Último Rei de Escócia. Whitaker teve uma temporada vitoriosa e a participação em ER é mais um pedacinho deste sucesso.

Os concorrentes:
Kate Burton, Ellis Grey, Grey’s Anatomy – 19,58%
John Goodman, Robert Bebe, Studio 60 On The Sunset Strip – 13,67%
Gregory Itzin, Charles Logan, 24 Horas – 13,58%
Elizabeth Reaser, Jane Doe/Ava/Rebecca Pope, Grey’s Anatomy – 11,08%
Ed Begley Jr., Cyrus O’Dell, Veronica Mars – 10,08%
Eli Wallach, Eli Weintrob, Studio 60 On The Sunset Strip – 5,25%

Ator/Atriz Convidado em Comédia: Wanda Sykes, The New Adventures of Old Christine – 29,60%

Wanda Sykes em The New Adventures of Old Christine Wanda Sykes não é uma comediante muito conhecida do público brasileiro. Esteve em The Drew Carey Show e Segura a Onda, dois shows com poucos fãs no país, mas, felizmente, a boa sitcom The New Adventures of Old Christine serviu para apresentá-la ao telespectador. E sua personagem, Barb, cresceu da primeira para a segunda temporada e é hoje mais uma boa fonte de risadas na série. Foi eleita a melhor atriz convidada em comédia, no primeiro ano que a categoria foi dividida em comédia e drama, aumentando as chances dos indicados e reduzindo as injustiças.

Os concorrentes:
Laurie Metcalf, Carolyn Bigsby, Desperate Housewives – 20,57%
Giovanni Ribisi, Ralph Mariano, My Name Is Earl – 14,00%
Ian McKellen, Ian McKellen, Extras – 11,55%
Will Arnett, Devon Banks, 30 Rock – 8,26%
Elaine Stritch, Colleen Donaghy, 30 Rock – 8,01%
Martin Landau, Bob Ryan, Entourage – 8,01%

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

26 Comments

  1. maria cecilia

    Adorei os indicados do ano mas eu acho que tem séries que deveriam estar tambem nos indicados como,Er,Gallactica,Babylon5,Heroes,Jerichó,Criminal minds,american Idol,ncis,cold case,24horas.

  2. Thiago Sampaio

    Comecei a ver House ano passado (falar isso num 1ª de janeiro parece meio sem noção, né?) e não me arrependi nenhum pouco da indicação do Vidoni, revisor de House aqui no Teleseries. E Hugh Laurie ganhando de barbada foi mais do que previsível, levando-se em conta que Jack Bauer não teve um bom ano…

    Pra revelação, eu votei foi em FNL!

    Two And a Half Man é uma boa série, mas há melhores comédias. A vantagem dela é que pode atingir as massas mais facilmente, e nos EUA, é o sitcon de maior audiência. Bom pra ela. Mas sou mais The Office. Assim como o restante do elenco (Carrel, Wilson e Fisher). Também daria uma boquinha pro pessoal de 30 Rock e Earl…
    4 prêmios pra TAaHM, em minha humilde opinião, foi demais, mas vá lá =p

    Dá-lhe Lauren Graham! Nunca vi Verônica Mars, e meu voto pra atriz era da Connie Britton, da underdog FNL. Já os outros dois premiados dramáticos restantes, os ilhados de Lost, foram minhas opções de voto.

    O convidado de comédia… tanto faz. Já o de drama, ganhou o que votei. Nos últimos anos, academicamente, ER só tem relevância nas participações, e a desse ano (13ª, não o 12ª, que foi até okay) foi a melhor desde Sally Field na 7ª temporada – gosta de Brothers and Sisters? Então NÃO perca ER às 10:00 da manhã nesta semana pela Warner.

  3. João da Silva

    Não estou surpreso que o Hug Laurie, a Kristen Bell e a série House se deram bem.

  4. Anderson Vidoni

    Gostei de alguns vitoriosos, outros não, mas é assim. Mas House e Hugh Laurie, Bell e 30 Rock, entre outros, me deixaram muito felizes.

    E destaco também os textinhos que fez para cada vitorioso, ficaram perfeitos. Destaco o de 30 Rock, que expressou muito bem o que é a série.

  5. Paulo Fiaes

    fico feliz por two and half men
    adoro a comédia e acho q o emmy ou o globo de ouro deveriam dá um prêmio pra série pelo conjunto da obra.
    e todos os atores são afiados, até o guri que interpreta Jake
    e fico feliz por Kirsten, Veronica Mars foi um dos maiores vacilos q os americanos cometeram. eu pretendo assistir a série novamente desde o primeiro ep.

    e House ganhando tudo, sabe q qdo vejo House tão popular assim começo a entender o pq de Fer desgostar dele atualmente

  6. Lucas "Gandalf" Leal

    CARACA!!!MEUS APELOS TIVERAM EFEITO (ou não) MAS DEU DEXTER!!! =D
    ctz que a péssima segunda temporada de Heroes influenciou mto e acordou mtos fãs!!!

    e sensacional Michael C. Hall em segundo…mas o “House” merecia mais mesmo…Laurie tem mais episódios pra mostrar seu talento e seu personagem é contruido a mais tempo, por mais que ache os dois no mesmo nivel tinha ctz que o Hall não ganhava, por isso o segundo lugar é uma vitoria!

    adorei a Kristen, eterna Veronica Mars pra mim, ganhando o premio…mas tb detestei Charlie Sheen ganhando tb…pra mim o pior entre todos atores da lista!não que ele seja ruim, mas pra mim todos os outros são melhores

    adoro a Elizabeth Mitchell mas fiquei triste de não ter dado Lisa Edelstein e a sua Cuddy

    e poh eu conheço a Wanda Sykes de uns filmes perdidos, tipo “O Céu Pode Esperar” (Down to Earth ) do Chris Rock e do “A Volta Todo Poderoso” (Evan Almigthy)…realmente ela é MTO engraçada

    de resto a lista está mto boa, melhor do que a maioria das premiações atuais…só tenho que concordar com o Thiago que 4 premios pra Two and a Half Men é meio exagerado…

  7. Nanda

    Nem aqui Michael C. Hall ganha, haha…

    E adoro TAaHM, mas Sheen em cima de Steve Carrel e Alec Baldwin, e Cryer em cima de Rainn Wilson, Neil Patrick Harris e John C. McGinley nem pensar.

    O que achei legal e surpreendente foram as tão populares Grey´s e Heroes não vencerem. Não desmerecendo as duas, mas…

  8. Carina

    Premiação muito boa! Alguns vencedores não agradam (o que é normal) mas achei mais justa do que muita premiação que ocorre por aí (incluindo-se as oficiais…). Amei a vitória de House e o reconhecimento da qualidade de Dexter e seu protagonista :)

  9. Renata

    Tambem acho que Two And A Half Men merece. No começo eu não dava nada, hoje em dia eu não fico sem, de jeito nenhum. E eu acho que sou a maior fã do Jake que existe! Aquele muleque me mata de rir! E o elenco é realmente muito bom, acho até que o elenco de apoio seja melhor que os protagonistas.
    Tambem adorem a Wanda Sykes ter ganhado, a Barb é a melhor coisa de Christine pra mim. Lauren Grahan e Kristen Bell tambem me deixaram feliz.

  10. Thais Afonso

    Eu gostei dos vitoriosos, até daqueles que não são meus favoritos. Só de ver Marg Helgenberger essa lista de indicados eu já tinha ficado feliz, porque os prêmios não reconhecem mais CSI e essa foi uma temporada genial. Adorei as vitórias de Two and a Half Men e House, duas das minhas séries favoritas. Mas o que eu mais amei foi a eleição de Emerson e Mitchell. LOST não teria tido uma temporada tão boa sem eles.

  11. Thais Afonso

    Ah, esqueci de de fazer menção a Lisa Edelstein. Ela não ganhou, mas sua interpretação na temporada passada foi primorosa. Aliás, foi um grande ano pra coadjuvantes. Sarah Paulson é igualmente maravilhosa. Qualquer das três que tivesse vencido teria merecido.

  12. mauro

    Acho ridículo uma pessoa desgostar de uma série porque ela caiu nas graças da audência e se tornou popular como foi dito pelo Paulo Fiaes em um coment acima. Temos que agradecer pela popularização e pela grande audiência pois é isso que vai manter a série no ar e com qualidade. Se a audiência cai, os recursos financeiros e materiais são cortados e logo, a série decai e é cancelada, portanto não entendi realmente esse comentário.

  13. Rafaelly

    Fiquei triste com melhor atriz em drama, pois acho a Kira imbatível.

    Fiquei feliz pela minha favorita Mary-Louise Parker que conseguiu um honroso 3º lugar…sabia que ela não ganharia,mas pelo menos ficou em uma boa colocação.

    Realmente Lauren e sua Lorelai foram imbatíveis até mesmo nas sexta e sétima temporadas que foram as mais fracas de GG.Ela era a alma da série!!!

    Dulé Hill é ótimo(ainda bem que ficou em uma boa colocação.Sinal de que sua ótima atuação em Psych não passou despercebida), mas fico feliz com a vitória do John Cryer tb em ator coadjuvante em comédia.

    Kelly Bishop perdeu, mas foi uma vitória tão apertada que foi quase uma vitória. Emily Gilmore levou meu voto e será inesquecível!!!

  14. Rafaelly

    Ah, Renata: eu concorro com vc n que diz respeito a ser a maior fã do Jake!!!Adoro aquele garoto!Aliás, vejo mais a série por causa dele…hehehe

    E esqueci de falar que tb senti falta de Grey’s na parada,mas realmente não foi o melhor ano da série.E tb senti falta de Studio 60 pq eu amei aquela série.Mas tá valendo…Pelo menos foi indicada.

  15. Paulo Fiaes

    Anderson,

    havia 3 pessoas q falavam maravilhas de House qndo eu pensei em começar a assistir: vc, Cavs e a fer. hj nós sabemos q ela ja não é mais fã da série. Eu acho estranho uma série adulta e tão complexa qnto House ter se tornado tão popular, n vi o primeiro ano da série, aquele que a Fer fala que é primoroso, mas alguma coisa me diz, q as intenções tanto aqui e lá fora foi de fazer House se tornar popular, e não mais complexa. Como era no primeiro ano da série.

    Eu gosto dessa temporada, me divirto, alias, House pra mim é diversão, com alguns episódios que dá para refletir sobre alguma coisa. e só para constar, está em terceira posição no meu top séries.

    E Mauro, claro que é bom uma série crescer em audiência, Thiago sempre deixou claro que a audiência de ER era de mais de 30 milhões nas primeiras temporadas, e nós sabemos que foi a época de ouro da série. São casos raros uma série ter audiência estrondosa e qualidade no mesmo nível. Talvez House esteja igual a ER, um caso raro, como disse acima, meu comentário foi apenas uma tentativa de entender uma pessoa que abandonou a série.

  16. Thiago Sampaio

    Também não concordo muito com o fato de a série ser ‘popular’ atrapalhar seu desempenho. Reconhecimento é o que praticamente tudo quer, e como disse o Fiaes, House está aliando muito bem a popularidade com a qualidade.

    Certo, hoje está mais cômico, mais light… Mas segue com sua premissa. E isso é difícil numa série que entra em sua 4ª temporada.

  17. Anderson Vidoni

    Fiaes, é assim. House ficou popular já na primeira e estourou na segunda, a terceira nem teve um aumento tão grande assim e a quarta segue no mesmo nível.

    E eu acho estranho uma série como House não ser popular, se isso acontecesse eu acharia estranho. E olha que engraçado, vc não viu as primeiras temporadas e hoje acompanha fielmente a série. Essa caracteristica dela de vc chegar e poder se enturmar e acompanhar em qualquer ponto, é um dos fatores que fazem ele ser tão grande hoje.

    E eu acho que todas as séries querem ser populares. Não vi nenhuma grande mudança na linha da série que me faça dizer que ela “se vendeu”, por assim dizer.

    O Thiago que viu tudo em um curto periodo de tempo disse bem melhor do que eu poderia dizer.

    Thiago, é claro que da pra perceber isso que diz. Eu acho que a limitação que a série tem em sua estrutura rígida, ajudou a série a seguir esse caminho. Ela não é como Dexter, FNL, Lost. E se ela seguisse estritamente o que foi na primeira temporada, já teria se repetido hoje e não teria desenvolvimento nenhum dos personagens. O pessoal resolveu então ir mudando aos pouquinhos os assuntos, evoluir aos poucos e no momento estamos numa fase mais light e cômica. O que pode mudar logo.

    Bom, qualquer dia eu falo mais sobre isso tudo.

  18. Júnior

    LAUREN GRAHAM!!!! Só assim um pouco de felicidade para os apreciadores de Gilmore Girls, já que esse ano foi “vida madrasta” para quem amava a série!!!

  19. Paulo Antunes

    Fiaes, não a nada de estranho em uma série ser boa e complexa e popular. A fórmula do sucesso é justamente esta. Como diria o Lulu Santos: “biscoitos finos para as massas”.

    A Fer não gosta mais de House por motivos pessoais e passionais, não por motivos técnicos ou artísticos.

  20. Aline

    Só pra saber, qtas vezes a Lauren ganhou o prêmio?

    Fechou com chave de ouro!!! Quem liga pros chatos do Emmy!?!?! Nós aqui sabemos reconhecer o valor dela \o/

    Só fiquei triste pela Maura Tierney nem ter sido indicada :( Convenhamos q ela leva uma série inteira nas costas, ela merecia pelo menos uma indicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account