Log In

Opinião

2010, um ano para ser esquecido

Pin it
O editor do TeleSéries faz seu balanço - nada positivo - do ano de 2010 pros fãs de seriados.

Ainda que eu tenha muitíssimos motivos, em muitas áreas da minha vida, pra celebrar, não como dizer o contrário: enquanto fã de séries, 2010 foi um ano para ser esquecido. Meu DVR pifou (levando uns 30 episódios de seriados com ele), o TeleSéries ficou mais de 40 dias fora do ar (e quando voltou muitos leitores torceram o nariz para as novidades) e, mais do que isto, foi um ano tenebroso pros fãs de seriados.

Confiram, abaixo, os meus motivos. E vai dizer que não tenho razão?

LOST – Como diz a canção de Lulu Santos, “não vou dizer que foi ruim, também não foi tão bom assim”. Não tenho nada contra a rolha segurando o poço, nem nada contra o final estilo Chico Xavier, mas também não sobrou muito a dizer de positivo sobre o final de Lost. Tem séries que acabam e você fica com elas martelando por muito tempo na cabeça. E tem outras que acabam e você logo tira da mente. Vai dizer que não parece que Lost acabou há muito tempo? Lost saiu da pauta rápido demais, e isto é a prova que as coisas não terminaram bem.


HUDDY – Eu sigo assistindo House, e não perdi o carinho pela série. Mas o entusiasmo, este sim, foi pro espaço. O sétimo ano não é ruim e, bem, o doutor House também tem o direito de ser feliz. Mas House com Cuddy juntos é um daqueles acontecimentos que na teoria poderiam abrir uma série de possibilidades para a série, mas no fundo é um beco sem saída criativo. Pra onde a série for – já pensou um series finale com os dois casando? Ou House sacaneando a Cuddy? – eu sei que vou ficar desapontado.


SUPERNATURAL SEM ERIC KRIPKE – A CW deveria ter aprendido a lição com Gilmore Girls, mas não aprendeu. Quando se tem um produtor executivo inteligente, criativo e com pleno domínio de suas criações, das duas uma: ou se paga um caminhão de dinheiro para mantê-lo ou lhe dá carta branca pra que ele dê o ponto final na sua criação. Mas nunca, nunca, entregue o show na mão de outro produtor qualquer. A sexta temporada de Supernatural é uma vergonha, que melhor seria se não estivesse indo ao ar.

Meus colegas que ainda não abandonaram One Tree Hill também reclamam que a série vai de mal a pior. E no início do ano ainda tivemos aquela nona temporada incompreensível de Scrubs. Por que elas não saíram de cena quando ainda estavam em alta?


FALL SEASON RUIM – Responda rápido, qual a melhor série nova da temporada? Não, não perca o seu tempo. Apostando em velhas fórmulas e remakes como Nikita, Hawaii Five-O e Law & Order: Los Angeles, no marketing excessivo de The Event, tentando reinventar a roda nas sitcoms e dramas de tribunal, e uma ou outra excentricidade (Lone Star, My Generation), a TV norte-americana apresentou uma das piores fall season dos últimos tempos. Faltaram boas ideias.


CANCELAMENTOSRubicon, Caprica, FlashForward, My Boys, Legend of the Seeker, Dollhouse… Seriado cancelado tem todo ano, a gente sabe. Mas parece que este ano, mais do que nunca, shows que tinham algum conteúdo de qualidade sofreram mais. Pena.


DEATH AND ALL HIS FRIENDS – Eu realmente não entendi o entusiasmo dos fãs de Grey’s Anatomy com a season finale da sexta temporada. Foi um bom episódio, mas a série já teve momentos dramáticos melhores, season finales melhores e, pra quem viu ER ao longo de 15 anos, aquilo foi tudo muito familiar e, portanto, pouco tenso. Se a finale de Grey’s Anatomy foi o ponto alto do ano para muita gente, a conclusão a que eu chego é de que o ponto alto não foi tão alto assim.


MEN OF A CERTAIN AGE E COMMUNITY ESNOBADAS – Nada me aborrece mais, atualmente, do que saber que Community e Men of a Certain Age podem sair do ar em 2011. Ok, nem toda a série consegue atrair multidões, é da vida. Mas a falta de reconhecimento aos dois shows por parte da Academia de Artes e Ciências de Televisão nas indicações ao Emmy e dos repórteres estrangeiros que votam nos indicados ao Golden Globe Awards, é incompreensível. Teve gente fazendo sim TV de qualidade em 2010, e isto está passando em brancas nuvens.


WARNER CHANNEL – Tirar Gossip Girl do ar foi a gota d’água de uma série de decisões ruins e desrespeitosas ao telespectador. Eu não assisto mais. Ponto.

Liv
LIV – Sim, os executivos de TV por assinatura conseguiram pegar o People+Arts e transformar em algo pior, sem identidade, e com uma grade que muda a toda a hora, tornando impossível acompanhar qualquer série.


DISCUSSÕES SOBRE GLEE – Ler resenhas de Glee feitas por outros blogs me irritam. Comentários de quem odeia a série me irritam. Comentários de gente reclamando que a série não desenvolve histórias ou seus personagens me irritam. Falar de Glee é meio como falar da Seleção Brasileira: dar resultado não basta, tem que dár espetáculo. Coisa irritante.

The Walking Dead
O BUZZ DE THE WALKING DEAD – Não, não tenho nada pra falar mal de The Walking Dead. É divertida. Mas tenho este sentimento, este mal estar, de saber que a série mais hypada do ano é um thriller de ação e terror, sobre monstros, fugaz, sem muita profundidade e sem grande elenco. É isto que a América, e o Mundo, querem assistir?


TRUE BLOOD – Nunca foi grande coisa. Mas neste terceiro ano, nossa, que decepção…

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

56 Comments

  1. Juliana

    Ótimo. Você é claramente fã de Glee. Você se irrita com quem reclama de Glee e desceu o cacete em uma porrada de Série. Se se irrita com crítica, não fale nada!

  2. Natlinha

    Teve muita coisa ruim………mas a que mais me afetou foi o cancelamento de Legend of the seeker, confesso que ainda não superei, tenho ataques e fico procurando epis da serie pra baixar.

    2010 só foi um ano “aguentável” por causa de Fringe, espero sinceramente que não vire a minha nova legend of the seeker, porque mais uma eu não aguento.

  3. A C

    Realmente foi horrivel em materia de séries, minha predileta csi então deu sono, por isso todo mundo está desanimado de fazer comentários. Comentar o quê??? Ainda assim estou curiosa para saber o que vai acontecer com toda a equipe desmaiada de CSI Miami, que foi a melhorzinha no ano que passou. Quando recomençam? será que até no EUA o pessoal tambem desanimou de gravar a continuação das séries.?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account