Log In

15 Razões

15 Razões para você querer ser um ‘Sense8’

Pin it

No dia 5 de junho desse ano o site de serviço streaming Netflixque vai dominar o mundo até 2020 – lançou todos os episódios de uma de suas mais novas séries, Sense8. E se anteriormente a expectativa em torno da estreia já era muita, em virtude do time por trás do processo de criação dela – é escrita pelos irmãos Andy e Lana Wachowski (ambos da trilogia de Matrix) e conta com produção de J. Michael Straczynski (Babylon 5) -, atualmente só se fala nisso. Sim, mesmo dois meses após o lançamento o burburinho continua enorme nas redes sociais*, inclusive aqui no Brasil.

A premissa da série é a seguinte: oito pessoas que não se conhecem, vivendo em diferentes partes do mundo, descobrem estar mentalmente e emocionalmente conectadas. “Ah, mas eu acho que eu já assisti isso em algum lugar.” Se você pensou em Heroes e The Tomorrow People, meu caro leitor, você não está enganado. Mas porquê será que o seriado ganhou tanta fama apesar de trabalhar um clichê?

Foi por causa desta questão e de outros motivos que nós, colaboradores da equipe do TeleSéries, nos reunimos para escrever esse especial. São 15 Razões pelas quais você irá se apaixonar por esse grupo único de pessoas – caso isso já não tenha acontecido. Nesse caso, estas razões são uma forma de matar a saudade e relembrar os momentos épicos do primeiro ano. Mas antes de tudo, aperte o play e vai ouvindo essa música (What’s Up da banda 4 Non Blondes) e vai se ambientando ao clima da história.

1. A produção da história

Uma coreana lutadora, um alemão envolvido com a máfia, um ator mexicano, um policial de Chicago, uma indiana com casamento arranjado e outros personagens são a prova de que o roteiro de Sense8 é um emaranhado de tramas clichês que, em virtude de serem tão bem construídas e contadas, conduzem a um resultado incrível. Cada episódio, de aproximadamente uma hora, nos leva a uma viagem pelo mundo, com uma fotografia primorosa, uma trilha sonora irada – teremos um tópico só sobre ela -, resultando em uma das produções mais complexas da atualidade – só pra se ter uma ideia, durante as filmagens em Nairobi foi necessária uma multidão de 700 figurantes, 200 carros e um helicóptero. Se vocês quiserem saber mais sobre as filmagens, só conferir esse vídeo. Ah, e só a gente que queria entrar no grupo do WhatsApp deles?

Sense8 Capheus

2. Capheus “Van Damme”, o bom menino

Aml Ameen é Capheus “Van Damme”, um jovem de bom coração que é motorista de van em Nairóbi, capital do Quênia (África). Com seu senso de justiça aguçado, ele faz de tudo – até se envolver com quem não deve – para ganhar dinheiro e poder comprar remédios para sua mãe, que é aidética. Ele fica literalmente “virado no Jiraya” quando “recebe ajuda de Sun”, e com isso protagoniza momentos engraçados da série. Ameen pode ser um rosto desconhecido para muitos, mas na Inglaterra ele participou por muitos anos da série The Bill, e na televisão americana esteve no drama Harry’s Law, protagonizado por Kathy Bates (Titanic) e precocemente cancelado pela emissora NBC.

Sense8 Kala

3. Kala Dandekar, doce, jovem e ‘indecisa’ 

Inicialmente, Kala (interpretada pela atriz Tina Desai, já vista nos filmes O Exótico Hotel Marigold – 1 e 2) não parece ser uma personagem interessante. Somos apresentados para uma jovem indiana que segue as crenças do hinduísmo e tem um casamento marcado com um noivo perfeito: bonito, rico, gentil e que a ama. O único problema é que a jovem se casará para contentar a família, sem discutir o que realmente tem no coração. E tão logo que conhecemos Kala – uma cientista farmacêutica que vive em Mumbai, mas tem mais sete versões dela mesma em diversos lugares pelo mundo – mais profundamente nos encantamos. Kala podia se sentir sozinha ao pensar sobre seu casamento com um homem perfeito que ela não ama, mas agora não está mais. Ela tem mais sete pessoas ao seu lado, e uma delas roubou – literalmente – seu coração: o arrombador de cofres alemão e também seu irmão sensate Wolfgang. E Kala parece inofensiva, mas tem seus dotes. Em uma “visita” a Wolfgang, ela ajudou o amado a armar uma bomba com alguns produtos, o que acabou salvandoa vida do irmão sensate. E você no início da história achando que Kala era boba né?

Sense8 Lito

4. Lito Rodriguez, o gay que se esconde no armário junto com o namorado ‘gostosão’

Lito – interpretado por Miguel Ángel Silvestre (Velvet) – é um jovem ator carismático que reside na Cidade do México. Ao mesmo tempo em que é cobiçado, tanto pelas suas fãs, quanto pela mídia, ele esconde um segredo chamado Hernando (Alfonso Herrera, o eterno Miguel da novela Rebelde), o nerd gostosão. Ele tem receio de que ao divulgar sua orientação sexual sua carreira desça por água abaixo e, por consequência, ele perca o seu sucesso. Como solução para esse problema, eis que aparece a divertida Daniela (Eréndira Ibarra, de El Diez), que forma com eles um “trio parada dura”, tão especial que vai ficar para o item 12 dessa lista.

Sense8 Nomi

5. Nomi Marks, cujo cérebro esconde algo misterioso

A atriz Jamie Clayton (que assim como Laverne Cox é transgênero igual a personagem que interpreta) dá vida a Nomi Marks, que logo de cara parece que vai ficar restrita a problemas lidar com a transição do seu ‘antigo eu’, Michael, para seu ‘verdadeiro eu’, Nomi – e a rejeição por parte de seu família. No entanto, a trama logo se mostra bem maior, e sua namorada Amanita (interpretada pela atriz Freema Agyeman) também ganha notoriedade. Nomi mora em São Francisco e é uma ativista política e hacker de primeira, o que se torna muito útil para o grupo de Sense8. Assim como Nomi ajuda seus irmãos sensate, ela é ajudada pelas suas outras sete versões a escapar da família que tenta fazer uma lobotomia nela, acreditando que ela possa voltar a ser Michae”. Amanita também ganha seu espaço na série, acreditando desde o início na namorada, que começa a “conversar sozinha” com pessoas do outro lado do mundo, e a defende sempre. Lindo demais.

Sense8 Riley

6. Riley Blue, a drogada problemática com um passado obscuro

Riley (Tuppence Middleton, de O Jogo da Imitaçãoé uma jovem DJ que reside em Londres, na Inglaterra. Para esquecer os problemas da vida, que estão diretamente ligados ao seu passado, ela é adepta ao uso de drogas, e seu cabelo repicado e sua maquiagem escur escondem um interior doce. Podemos dizer que Riley é a personagem que mais sofre na história, pois teimosamente não ouviu os conselhos da sua “consciência” e acabou voltado para a casa do seu pai, o pianista Gunnar (Kristján Kristjánsson), na Islândia, gerando uma grande repercussão que envolve todos os sensates. Não entendeu bulhufas? Mais um motivo para você assistir, pois Sense8 é assim: muitas informações, dramas e histórias que se conectam no final.

Sense8 Sun

7. Sun Bak, a bad ass 

Doona Bae é Sun Bak, filha de um poderoso empresário de Seul. Ela nunca recebeu a devida atenção e reconhecimento de seu pai (graças aos costumes da Coreia do Sul) mas leva a empresa da família nas costas, enquanto seu irmão não quer nada com a vida. Quando o império da família fica abalado, ela resolve assumir o erro do irmão, o que desencadeia uma série de acontecimentos inesperados. E ela guarda um segredo: é uma estrela do kickboxing subterrâneo, o que acaba se tornando muito útil para seus irmãos sensates.

Sense8 Will

8. Will Gorski, o policial super herói taxado como louco

Brian J. Smith era o Tenente Matthew Scott de Stargate Universe e em Sense8 ele é Willl Gorski, um policial de Chicago, nos EUA. Assombrado por um assassinato não solucionado, ele vive a sombra de seu pai, um policial aposentado que tem um passado obscuro. Com um instinto protetor aflorado, ele logo se apaixona por Riley e é o grande protetor dos Sense8’s, tanto que podemos considerá-lo como o personagem central desse grupo.

Sense8 Wolfgang

9. Wolfgang Bogdanow, o bandido gostosão 

O arrombador de cofres alemão Wolfgang Bogdanow (interpretado pelo ator Max Riemelt) chama a atenção desde o início da série, seja pelo estilo durão, por ser um ótimo parceiro na hora de ajudar seus amigos sensates, pelas inúmeras cenas em que aparece sem roupa ou pelas conversas e confissões compartilhadas com Kala, por quem se apaixona. Wolfgang também tem um passado duro e algumas questões não resolvidas com o seu pai, que acabam causando problemas com o resto da sua família. Além dos seus sete amigos ao redor do mundo que compartilham suas emoções, Wolfgang tem um companheiro que está sempre ao seu lado desde a infância, e junto com ele enfrenta os problemas que o gangster encontra em Berlim. Além de ajudar seus irmãos sensates, principalmente com suas habilidades de briga, Wolfgang é auxiliado, e muito, por Kala, que consegue acalmar o lado mais esquentado do alemão.

10. O estilo eletrizante parecido com o de Lost, Heroes e Orphan Black;

Um dos maiores trunfos de divulgação do seriado foi a confirmação da presença do ator Naveen Andrews – o eterno Sayid Jarrah de Lost – no elenco recorrente da série – ele interpreta um personagem a.k.a. Mestre dos Magos (Caverna do Dragão). Mas há quem se engane que essa é a única característica em comum com o seriado criado por J.J. Abrams (Fringe). A trilha instrumental e musical; o suspense e a conexão entre os personagens faz parecer que estamos em um outro mundo: o de uma certa ilha. Outra série que tem estilo semelhante é Heroes, que conectava super heróis de diversas partes do mundo através de seus poderes e de suas mentes. E, por fim, a BPO (Biologic Preservation Organization) lembra, de uma certa forma, a Neolution de Orphan Black. E claro, ainda estamos esperando uma explicação cientifica para a conexão dos nossos sensates.

11. Trilha Sonora

Como foi descrito no primeiro item deste especial, não teríamos como deixar de destacar a trilha sonora de Sense8. Cada episódio nos presenteou com uma música marcante e, antes de falar da mais comentada de todas (aquela que a gente pediu para você dar play no início), vamos destacar duas que ainda repercutem nas playlists do celular:

Demons (feat. Macy Gray) – FatboySlim

O clímax do sexto episódio, a.k.a. orgia dos Sense8’s, foi ao som dessa maravilhosa música do cantor FatboySlim. Impossível não lembrar dessa cena toda vez que escutamos os primeiros acordes dessa música.

Keep It Close (feat. Kerli) – Seven Lions

Essa música é trilha do décimo episódio (que mostra o nascimento dos Sense8’s) mas ela embala uma outra cena linda: Will e seu pai, Michael Gorski (Joe Pantoliano, de The Sopranos), estão observando os fogos do dia 4 de julho – Dia da Independência Americana – e, além disso, podemos ver um momento íntimo de Nomi e Amanita.

What’s Up? – 4 Non Blondes

E, por fim, a principal música que descreve a série também não podia ficar de fora! Ela embala o primeiro momento que todos eles se conectam e aposto que você ficou cantarolando essa música por muitos e muitos dias. O mais engraçado é que as pessoas acham que o nome da música é What’s Going On! Entenderam o motivo pelo qual pedimos a você caro leitor, para apertar o play, no começo da sua leitura? Já está viciado? #Sense8TambémÉCultura

– Gostou das músicas? Deseja ter todas em seu celular? Então, acesse essa lista completa com toda a trilha do seriado, feita pelo Sense8 Brasil.

Sense8 Nomi e Capheus

CUIDADO! A partir do próximo item, o texto poderá conter spoilers sobre a primeira temporada. Faça uma maratona rapidinho ou corre ou o risco é por sua conta própria! 

12. Os casais

Qual seriador não ama shippar? Em Sense8 a lista de opções é grande, com uma diversidade cultural que quebra todos os paradigmas.

Lito e Hernando + Daniela: Como já mencionado acima, Lito esconde a sua homossexualidade, mas aparece Daniela em seu relacionamento, formando assim o “trio parada dura”. Os dois, além de defenderem a jovem, têm uma química fora do normal, de tirar o fôlego de qualquer telespectador, pois os atores se entregaram de uma forma muito intensa para mostrar o amor entre pessoas do mesmo sexo.

Riley e Will: Parecem dois adolescentes que se encontraram e tiveram o tão sonhado amor à primeira vista… Uma fofura esse casal! Will faz de tudo para proteger a jovem, que sofre muito na vida e se sente perdida no mundo. Ao decorrer da história, eles descobrem ter uma ligação muito maior do que esperavam.

Nomi e Amanita: Nomi representa ao lado de sua namorada a grande diversidade de gênero, confirmando que a Netflix não tem medo de mostrar a realidade em que vivemos, corrompendo os esteriótipos. As duas são puro grude e durante toda a trama vemos como são lindas juntas.

Kala e Wolfgang: Esse casal confirma a teoria de que os opostos se atraem. A diferença entre eles é muito significativa, já que ela é uma farmacêutica prestes a casar e ele é alemão ladrão de cofres. A sincronia entre eles é mais intensa no quarto episódio, mostrando uma das cenas mais bem feitas pela Netflix.

– Will, Wolfgang, Lito e Nomi: Outra cena picante, que causou o que falar, foi a orgia sensate, uma suruba transcendental entre quatro personagens principais. Com uma sincronia perfeita, um jogo de câmeras e uma trilha sonora belíssima, não poderia dar nada de errado. Ficamos boquiabertos com TUDO isso: eles podem até mesmo dividir o prazer. A Netflix sempre surpreendendo a todos!

13. A abertura


Outro fator interessantíssimo e que vale a pena ser destacado é a incrível abertura do seriado. Mostrando imagens de várias cidades do mundo, nos dois minutos de vídeo podemos dar uma volta completa pelo globo terrestre. Vamos desde o mercado de rua na Índia até a vista da Casa do Parlamento, em Londres. Depois podemos desfrutar o Dia dos Mortos no México, com zebras na África e um casal de homens dividindo um sorvete, com a bandeira gay acima deles. A diversidade cultural é evidente, confirmando que o todo é maior que a soma de suas partes. A trilha instrumental também ajuda a compor a obra, dando a sensação de que algo terrível vai acontecer, que o fim está próximo…Fala que não dá uma sensação ruim depois de assistir? Que mexe com a sua mente?

14. Valor da Produção 

Nairóbi (Quênia), Seul (Coréia do Sul), São Francisco (EUA), Mumbai (Índia), Reiquiavique (Islândia), Londres (Reino Unido), Berlim (Alemanha), Cidade do México (México) e Chicago (EUA). Ufaaa…Só de escrever já dá para ter uma noção do tamanho do trabalho que foi filmar esse seriado. E, por ser um produto tão bem-acabado, é possível imaginar o custo disso tudo: ter uma equipe em cada país, as viagens dos atores, o trabalho minucioso de continuidade e pré e pós-produção, ou seja, a logística foi bem complicada. A Netflix não costuma divulgar o investimento de suas séries, mas com tudo que foi descrito aqui, podemos arriscar que é sem dúvida uma das séries mais caras da história!

15. Foi renovada para a segunda temporada no dia do aniversário de seus protagonistas 

É impossível não se identificar com um ou mais personagens de Sense8 e seus inúmeros problemas. Desde preconceito, a violência, problemas de família e tradições. Os oito sensates têm problemas normais como todo o mundo e de repente se veem com mais sete pessoas para lhe ajudarem. Da mesma forma, também precisam se proteger de um inimigo antes desconhecido. Essa identificação dos personagens com os espectadores fez com que a série, em pouco tempo, conquistasse fãs ao redor do mundo que esperaram ansiosamente pelo “Sim” da Netflix. “Sim, Sense8 está renovada para uma segunda temporada”. A espera deixou agoniados os fãs, mas teve um motivo. O vídeo informando a renovação de Sense8 foi divulgado pela Netflix em seu Twitter no último dia 8 de agosto, data em que todos os personagens principais da série fazem aniversário. Nele, os oito personagens aparecem cantando parabéns para si mesmos no melhor estilo Sense8.

P.S.1: *Nas redes sociais a repercussão foi tamanha, que fãs brasileiros resolveram criar a maravilhosa página no Facebook, chamada Sense8 da Depressão, trazendo muito humor e alegria com montagens de várias cenas e falas. Dê uma conferida:

Facebook Sense8 da Depressão

P.S.2: A fantástica e divertidíssima jornalista/YouTuber Júlia, para os íntimos, Jout Jout Prazer resume em um vídeo bem bacana o nosso sentimento de amor em relação Sense8. “As palavras necessárias ainda não foram criadas, você tem que ver, tem que viver aquilo. Você tem que sentar, colocar aquilo na tua frente e engolir…”, afirmou ela. Lembrando que Jout Jout ainda estava no 5º episódio quando gravou esse vídeo. Imagina a sensação dela quando chegou no final da temporada?


P.S.3:
Você já reparou que no nome oficial do seriado, o número 8 está coladinho a palavra Sense? Não precisamos nem explicar o porquê né?

P.S.4: Está aberta a temporada de teorias da conspiração. Tuppence Middleton não apareceu no vídeo de renovação da série. Seria essa uma mensagem subliminar para a segunda temporada ou a atriz estava com a agenda cheia?

Coluna escrita por Aline Ben, Arthur Barbosa e Felipe Ameno. 

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account